domingo, 12 de agosto de 2007

Felicidade...

Não sou nenhum especialista em fotografia. Mas a gente tem que tirar o chapéu, mesmo que não tenha um, quando encontra um trabalho bom, como este aí ao lado. Vi esta foto pela primeira vez no CCBB do Rio, numa exposição intitulada Instantâneos da Felicidade. O Nepal sempre me pareceu um lugar meio mágico...
Tulku Khentrol Lodro Rabsel com seu tutor Llagyel no monastério Shechen, Bodnath, Nepal.
Foto da artista belga Martine Franck.(http://www.temple.edu/photo/photographers/franck/index.html).

2 comentários:

Nardão disse...

Betão e sua intragável mania pelas artes... Eu acho no mínimo inusitada uma foto como essa, mas não chega a ser memorável!
Mudando de assunto, eu tava querendo entrar no seu blog e comentar ontem, mas não tinha tempo.
Achei muito engraçado a sátira que o poeta de botiquim faz com o seu, aguardo a atualização, vlw.

ps: o site é o google, não me sinto inspirado para escrever um blog, porém eu já posto algumas coisas na net(não um blog), mas eu uso pseudônimos(hahaha)odeio críticas, fazer o que?

Pedro Brito disse...

Fala, Jorginho! Tudo bem?

Poxa, a foto é linda mesmo! Também acho o Nepal um lugar mágico, único no mundo.

Quem venham mais posts!

Abraços!